Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Tal pai... tal filho

por Teresa Mendonça, em 12.06.13
Há uns tempos, o meu excelentíssimo esposo gozou aqui comigo por uma certa manhã, em que saí de casa em passo de corrida com os três filhos em idade escolar atrás de mim, a porta de casa ter ficado aberta e ele só ter dado conta disso depois de ter tomado calmamente o seu pequeno-almoço e assistido às notícias da manhã. O esposo tinha toda a razão, mas havia um bom motivo para nos termos esquecido da porta aberta - pensávamos (ingenuamente) que atrás de nós ficaria um fidelíssimo pai a despedir-se da família.

Mas esquecimento com esquecimento se paga.

No domingo, quando íamos a caminho de Portalegre, precisámos de parar numa estação de serviço para meter gasóleo, tarefa que ficou a cargo do senhor pai. Quando já estava tudo pronto para partir, eu tive de sair do carro para procurar a chucha da Rita, que andava perdida no banco de trás, e eis senão quando... isto:


Isso mesmo. O homem da casa tinha deixado o depósito aberto, com a tampa meticulosamente encavalitada no tampão. Giro, não?

Sim, giro, mas não inédito. Há uns meses, íamos nós sossegadamente na autoestrada quando reparámos que todos os carros que passavam por nós desatavam a apitar, apontar e fazer sinais de luzes. Porquê? Pois é: vínhamos alegremente a despejar gasóleo pela A1.

E suspeito que não ficaremos por aqui. Depois de o papá se ter entretido a ensinar o Gui a abrir a janelinha das traseiras do carro (tem estado um calor insuportável e ele não resistiu...), agora não há dia em que o Gui - como seria de esperar - não abra a janela. Já fechá-la, é bastante mais complicado. E o papá também não se lembra nunca que aquele bocado de vidro não tem botão para subir e para descer. Portanto, se alguém quiser assaltar um carro nas nossas redondezas, é só procurar o monovolume da família Star Wars...



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06


8 comentários

Sem imagem de perfil

De EF a 17.06.2013 às 17:49

Uma vez, para sentar as crianças devidamente no carro, coloquei uma embalagem de ovos no tejadilho. Claro está, durante a viagem ouvi um pequeno estrondo, levei as mãos à cabeça "Ai os ovos!" - estatelados no chão! - Isto, numa terra pequena em frente ao supermercado da terriola imaginem a minha figura!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2013 às 20:10

A fotografia foi tirada com quê? Com o telemóvel?
A excelentíssima esposa não sabe que é proibido usar equipamentos electrónicos junto às bombas de combustível? Especialmente quando os depósitos são deixados abertos a libertar vapores inflamáveis... ;-)
Sem imagem de perfil

De João Miguel Tavares a 13.06.2013 às 12:56

Ah, ah, ah. Sim, isso ainda não os aconteceu. Mas já me deu algumas vezes vontade :-)
Sem imagem de perfil

De Joana Cardoso a 13.06.2013 às 12:36

É curioso de facto como se pode esquecer de fechar a porta atrás de nós quando se sai para a maratona das levas à escola ... penso que nos acontece em média uma vez por semana!Vamo-nos alternando democráticamente no esquecimento: tanto a Mãe como o Pai como o último dos filhos a sair (que não contou bem e pensa que vem ainda outro atrás...).
Mas o mais curioso aconteceu-me há tempos: estava tão concentrada a rever mentalemnte o meu dia que arranquei com o carro sózinha e deixei os filhos todos à porta de casa, só me dei conta passados uns 500 m!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2013 às 10:52

Só mesmo uma gaja para fazer disto uma "noticia"...
Pffff
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2013 às 09:53

Isso é de um homem que come MUITO queijo!!!!!
Sem imagem de perfil

De Infinitiva a 12.06.2013 às 17:40

"Sim, giro, mas não inédito. Há uns meses, íamos nós sossegadamente na autoestrada quando reparámos que todos os carros que passavam por nós desatavam a apitar, apontar e fazer sinais de luzes. Porquê? Pois é: vínhamos alegremente a despejar gasóleo pela A1." ahahahahah, só vocês!
Sem imagem de perfil

De Jo a 12.06.2013 às 14:30

Pff, homens!

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D