Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Mas o que é que aconteceu ao papel higiénico?

por João Miguel Tavares, em 14.12.13

E de repente dou com os rolos de papel higiénico da casa assim,

 

 

desmaiados em cima do suporte, sem o canudo de cartão no meio, que permite o desenrolar eficaz das folhas.

 

A Teresa não estava em casa e eu pergunto aos miúdos:

 

- Quem é que andou a brincar com o papel higiénico? A Rita não conseguia fazer isto!

 

O Tomás disse que sabia:

 

- Foi a mamã que tirou o canudo para eu poder fazer o meu presépio na escola.

 

E eu:

 

- What?!?

 

(Quando preciso de desabafar à frente dos miúdos falo em inglês.)

 

E aí lembrei-me que a Teresa me tinha enviado no dia anterior, muito orgulhosa, umas fotos do presépio do Tomás na escola:

 

 

Portanto, este simpático pastor vestido de camisinha verde com flores brancas (um padrão super-usado na Judeia do século I) e barrete de cossaco, tem por baixo um rolo de cartão que deixou viúvas as folhas do meu papel higiénico.

 

A excelentíssima esposa é a maior: faz qualquer coisa para suprir quaisquer necessidades dos seus queridos filhos.

 

Donde, em vez de me estar para aqui a queixar, devia era estar contente. Se o Tomás tivesse ficado responsável pelos tecidos em vez dos rolos de cartão, ainda acabava com todo o guarda-roupa tesourado.   

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Barranquenho a 16.12.2013 às 18:01

Eu cá, se fosse este honrado cidadão e se me deparasse situação idêntica, limpaza mas era o rabo aos Modess da patroa. A ver se ela não aprendia depressa, depressa, a respeitar a "propriedade comum"!
Imagem de perfil

De contagemcrescente a 16.12.2013 às 16:56

Moral da história: As mães são um máximo :)
Sem imagem de perfil

De Susana Neves a 16.12.2013 às 11:19

As mães são as maiores. Mesmo não estando em casa conseguem ser as culpadas de tudo :)

No infantário das minhas filhas pedem para levarmos todo o material reciclagem que tivermos, isto ao longo do ano.

Guardo sempre esses rolos, caixas de ovos, frascos de vidro (...) para desespero do meu marido :)
Sem imagem de perfil

De sara a 16.12.2013 às 10:36

A mim quer-me parecer que também as ovelhas têm recheio de canudo de papel higiénico!!!!
Imagem de perfil

De pechanense a 16.12.2013 às 10:26

...ou as cortinas! :-)
Sem imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 14.12.2013 às 17:55

Com 4 filhos com idades entre 1 e 9 anos, o melhor é arranjar uma caixa grande e começar a guardar algumas coisas como rolos de papel higiénico, caixas de cereais, prata de bombons, plástico das bolhinhas que envolve alguns objetos, enfim... (sugestões de uma professora do 1º Ciclo)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.12.2013 às 10:57

Bela sugestão! Sempre que há um trabalho da escola cá em casa para se fazer é sempre um ver se te avias por causa dos materiais - e eu não sou particularmente criativa.
Imagem de perfil

De Teresa Mendonça a 17.12.2013 às 05:51

E assim faço, Bruxa Mimi, mas com vários filhos a fazerem presépios ao mesmo tempo os recursos gastam-se e temos que recorrer a receitas extraordinárias.

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D