Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Bat-filhos

por João Miguel Tavares, em 25.01.14

De cada vez que a Teresa está de banco e eu tenho de ir buscar os miúdos todos à escola e ao infantário sem carro (é a Teresa quem fica com ele), já temos mais ou menos instituído o ritual de regressar a casa a pé e jantar no McDonald's. Esta sexta-feira, o Happy Meal estava a dar umas máscaras do Batman. E eu fotografei esta nova família, que vai começar a sair à noite pelas ruas de Lisboa para combater o crime.

 

Bat-Carolina, Bat-Tomás e Bat-Gui
Bat-Ritinha

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:55


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Cisca a 26.01.2014 às 11:20

Este tema não é novo mas aqui há tempos foi relançado a propósito da acção judicial que Jamie Oliver intentou contra o Mc Donalds. A esse propósito, li um artigo (e creio que existe também a versão vídeo) em que explicava no fundo como é que essa comida é feita. Para além da parte do hambúrguer propriamente dito, que não virá exactamente de partes comestíveis da vaca, fiquei impressionada com o processo de fabrico do "frango", que passa por moer o bicho, incluindo ossos, bicos, cartilagens, o que resulta numa papa cor de rosa, devido ao sangue, que é depois lavada em amoníaco, temperada com aromatizantes e outros que tal e que resulta no produto final que conhecemos. Desde aí que não consigo comer Mc Donalds..
Será que devemos confiar nesta informação? Ou não passa tudo de um exagero e aquilo nem é tão prejudicial assim?..

Cisca
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.01.2014 às 09:49

Se vamos por aí, só comemos legumes da nossa propria horta!
Sem imagem de perfil

De Adriano a 25.01.2014 às 16:11

A Bat-Ritinha combate o crime com a sua ternura, e não existe criminoso no mundo que aguente com isso.

Já a Bat Carolina, Tomás e Guilherme provocam um ataque de risos incontrolável aos bandidos e estes não tem outra solução que não renderem-se.

Gostava de ter uma máscara dessas, será que ainda vou a tempo :)

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D