Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Cinco grandes ideias que não me importava de ter inventado

por João Miguel Tavares, em 27.03.14

Depois das cinco grandes ideias para improvisar em casa, eis cinco pequenas coisas que eu não me importava nada de ter à mão, no sentido em que poderiam contribuir para melhorar significativamente a minha felicidade doméstica.

 

1. Um babygrow esfregona. Para quem tem filhos que gostam de gatinhar, por que não aproveitar para dar lustro ao chão? Chama-se a isto produtividade (e um bocadinho falta de higiene, vá, mas não vamos estragar a piada).

 

 

2. Manteiga em stick. Queria tanto, mas tanto. Provavelmente, a melhor invenção de todos os tempos, logo a seguir a bules de chá que não vertam. Porque é que isto não existe?

 

 

3. Esferográficas-talher. Não sei do que é que a BIC está à espera para colocar isto no mercado. Para poetas contemplativos, escritores de esplanada ou jornalistas que não têm tempo para almoçar (tipo eu), parece-me um instrumento de uma hiperbólica utilidade (para dúvidas - legítimas - sobre higiene, ver ponto 1).

 

 

4. Uma torradeira transparente. A melhor invenção de todos os tempos, ex-aequo com a manteiga em stick. Compõem, aliás, um lindo casalinho para os grandes apreciadores de torradas (tipo eu). Não sei se isto existe, nem sei como é que isto aquece. Mas quero muito.

 

 

5. Pasta de dentes com dupla abertura. Sim! Sim! Sim! Quero tanto. Esqueçam as melhores invenções de todos os tempos dos pontos 2 e 4. Esta é que é a melhor invenção de todos os tempos. E todos nós sabemos porquê. Do que é que estás à espera, Colgate?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Simplesmente Ana a 27.03.2014 às 14:37

Só queria o tubo de manteiga.
Sem imagem de perfil

De Alice a 27.03.2014 às 14:22

Eu só gosto da torradeira. Tudo o resto me parece pouco higiénico e a pasta de dentes nem entendo a utilidade :)
Sem imagem de perfil

De Carola a 28.03.2014 às 10:09

Não entende a utilidade da pasta de dentes? tipo... em que mundo vive? nunca chegou ao fim de uma pasta de dentes e ter que espremer até ao máximo e entrar em stress? as duas saídas resolviam a coisa não? tipooooooo.....
Sem imagem de perfil

De Nânci Matias a 29.03.2014 às 13:39

A utilidade, segundo o que acontece cá em casa e que é retratado também nas fotos é: As mulheres apertam sempre a pasta no final do tubo e vão chegando para cima, ao passo que os excelentíssimos cônjuges têm a -irritante - mania de apertar o tubo da pasta junto à abertura, obrigando a pessoa que vem a seguir a fazer um esforço maior para obter pasta... Com 2 aberturas podem continuar a apertar o tubo como bem entendem que não incomodam ninguém!
Será isto JMT? ;)

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D