Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Dia de exame #2

por João Miguel Tavares, em 19.05.14

Já agora, só para os curiosos que querem conhecer o desenrolar da coisa, parece que a experiência do exame de Português não foi nada desagradável para a Carolina.

 

Ela disse que o teste era "muito fácil" e que lhe correu bastante bem. Segundo ela - em mais uma manifestação da sua habitual modéstia - vai ter "99%", já que em todo o exame só teve "um erro", e foi "de ortografia". Ah, ah, ah.

 

Isto, sim, é a minha filha mais velha em todo o seu esplendor, sempre capaz de convidar o planeta inteiro a prestar vassalagem ao seu umbigo. Claro que ela não vai ter 99%, e muito menos apenas um erro de ortografia num exame nacional de Português (iria a pé até Fátima se tal acontecesse), mas gosto de a ver assim, autoconfiante e saudavelmente inconsciente, em vésperas do exame de Matemática. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anouska a 16.06.2014 às 23:05

Parabéns à Carolina :) Deve ter ficado toda contente!
Imagem de perfil

De Carolina Maria a 20.05.2014 às 11:44

A prova em si não era difícil....
Se a sua Carolina esteve calma e concentrada durante a sua realização vai sair-se bem, sem dúvida. Não digo 99% só com 1 erro ortográfico, mas lá perto ;)
Sem imagem de perfil

De Conceição M. a 20.05.2014 às 10:42

Lá está... "do alto dos seus 10 anos", melhor ou pior, a Carolina conseguiu gerir a sua ansiedade, viu que afinal "a coisa" não era assim tão má e, certamente, que amanhã, no exame de matemática, a ansiedade será mais fácil de gerir. Quando chegar aos do 6º ano, será a mesma coisa... Parece-me melhor que seja assim, do que chegar ao secundário sem nunca ter feito exames - ou pelo menos sem sentir a responsabilidade de que as notas destes também são importantes...
Eu fiz exame da 4ª classe - com prova escrita e prova oral pública (com o meu pai a assistir!). Se não passasse no exame, reprovava o ano (acho que foi no ultimo ano do exame da 4ª classe - deve ter sido em 1977...). Isso sim foi stress! Só voltei a ter exames no 12º ano porque queria entrar na universidade - quem não queria, não necessitava de fazer exames para concluir o secundário. E lembro-me que foi horrível gerir o nervosismo e a ansiedade... estava tão nervosa no exame de História, para o qual tinha estudado imenso e achava que era aquele em que conseguiria tirar melhor nota, que numa resposta troquei os "Afonsos IV e VI" - o que só se ficou a dever ao meu estado de nervos...
Sem imagem de perfil

De Mª de Fátima a 20.05.2014 às 10:00

As promessas são para cumprir .....
Parece que ainda o vou ver em peregrinação
Sem imagem de perfil

De Infinitiva a 20.05.2014 às 16:37

E foi a própria Nossa Senhora de Fátima a cá vir intimá-lo, João!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2014 às 19:14

Quem, é que vai a Fátima a pé, quem é??? ;)

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D