Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O PD4 entra hoje em greve

por João Miguel Tavares, em 01.07.14

Tendo em conta o apoio que este post teve, tanto aqui como no Facebook, venho por este meio unir-me aos leitores do Pais de Quatro na exigência de que a Teresa regresse rapidamente a este blogue, porque isto sem ela não tem metade da graça.

 

Mais: não só não tem metade da graça, como eu sou obrigado a trabalhar mais de 40 horas por semana para compensar as suas ausências prolongadas. Esta situação não pode continuar. Abaixo a exploração bloguística dos excelentíssimos esposos!

 

Infelizmente, apesar dos esforços que coloquei na concertação social, não foi possível chegar a um acordo com o patronato, apesar de ele ter sido várias vezes alertado para as deficientes condições de trabalho da metade masculina do PD4 e para a ausência de pagamento de horas extraordinárias.

 

Essas exigências, apesar de justas, não foram tidas em conta, e por isso sou obrigado a tomar medidas radicais. A partir de hoje, dia 1 de Julho, o PD4 entra em greve, e eu não voltarei a postar nenhum texto até que a Teresa escreva qualquer coisa que se veja.

 

Pela dignidade do blogger! Pela necessidade de textos queriduchos! Pela exigências de fotos fofas! Pela valorização da sensibilidade feminina! Todos juntos nesta greve, por um blogue melhor!

 

Pela minha parte, estou disposto a resistir até ao fim. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Freitas a 01.07.2014 às 10:50

João,

tem que entender que a sua "Maria" não tem tanta vontade de escrever como o João. Muito possivelmente por não ser a área dela. Imagine que o hobbie da Teresa fosse, voluntariamente oferecer serviços simples de saúde, onde qualquer pessoa sem experiência na medicina pudesse faze-lo. E imagine que ocupava 1 hora por dia a faze-lo.
Finalmente, imagine ela fazer pirraça consigo porque o João nunca, ou raramente a acompanhava nesses serviços.

Dou-lhe um exemplo. Eu sou Consultor Informático e gosto de fazer umas aplicaçõezitas à parte do trabalho, de vez em quando. Brincar um pouco com tecnologia. A minha "Maria" trabalha com culinária, na área de pastelaria. Ela raramente me acompanha nestas coisas dos computadores, da mesma forma que eu a acompanho a fazer bolos.
Eu tenho pena, mas compreendo perfeitamente e não insisto nem ela insiste porque se tratam de gostos diferentes. Até posso gostar de fazer um belo mil folhas, mas entre isso e uma aplicação para o Android, adivinhe qual prefiro?

Por isso, não faça greve, escreva, escreva muito que eu gosto muito de ler os seus artigos/posts.

Um abraço.

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D