Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O tabu da amamentação

por João Miguel Tavares, em 17.11.14

Os Estados Unidos são aquele país onde tudo se discute, e sempre de modo mais fervoroso do que em qualquer outro lado. Donde, a questão da amamentação é naturalmente um enérgico campo de batalha. E a luta é não só pelos benefícios (indiscutíveis) do aleitamento materno, mas também pela visibilidade da amamentação - um tema sempre sensível.

 

A actriz Alyssa Milano teve a sua primeira filha em Setembro e tem partilhado fotos desses momentos no Instagram. Numa das mais recentes partilhas, colocou fotos suas a dar de mamar ao bebé e houve alguma reacções de pessoas que defenderam que a amamentação é um momento íntimo entre mãe e filho, que não deve ser partilhado desta maneira.

 

18741ce0-68f0-11e4-90b6-dfa1be28734c_Alyssa-Milano

 

Screen Shot 2014-10-28 at 1_18_56 PM.png

 

A resposta de Milano no Twitter teve graça:

 

Esperem! Eu não percebo. Sem desrespeito pela Kim, mas... as pessoas ficam ofendidas com a minhas selfies a amamentar e estão confortáveis com a sua (extraordinária) capa do rabo?

 

A "capa do rabo" de Kim Kardashian, como por esta altura quase todo o planeta saberá, é esta:

 

546366581225a2f9404eaee4_kim-kardashian-paper-maga

 

E, como a própria Milano admite, é um "inacreditável rabo". Eu subscrevo. Mas Alyssa tem uma certa razão: suportamos com grande tolerância imagens de uma sexualidade explosiva, e depois encolhemo-nos com vergonha perante uma mãe a amamentar um filho. Suponho que Freud deva explicar. Mas eu não conheço essa explicação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:22


132 comentários

Sem imagem de perfil

De faty eilans a 18.11.2014 às 00:52

Confesso que este debate de amamentar me deixa muito frustrada. Ter um seio a mostra para dar de alimento a um filho esta longe de ser obsceno, a natureza fez-nos fisiologicamente eficientes. Infelizmente, ter um seio a mostra, e visto por uma sociedade dita evoluída como um acto sexual. Logo esteja o seio a mostra para amamentar ou por qualquer outro motivo, a interpretação do acto acaba por não ser diferenciado. Nos dias de hoje, em que uma mulher e julgada por se sentir capaz de suportar os olhares muitos indiscretos na exposição do seu corpo, aceita-se mais facilmente uma Kim "artística " que uma Alyssa "mãe que alimenta filho". No entanto, certo que aos olhos da maioria ambas acabam rotuladas com termos mt depreciativos para uma mulher...

Respeito ambas mas nunca julgarei uma mãe que alimenta um filho e que esta o partilhe numa rede social. Como mae que sou e que amamenta, luto todos os dias com o preconceito de amamentar em espaços públicos a minha filha quando ela precisa. Não exibo o meu seio por espontânea vontade mas pela necessidade básica da minha filha. Assim como não aprecio em nada os olhares que certas pessoas fazem porque viram um seio e fazem questao de ser rudes. Um seio a mostra para amamentação não e um acto sexual mt menos obsceno e/ou asco), seja ele visto ao vivo ou fotografado. Países como o Reino Unido, introduziram o Acto de Igualdade em 2010, de forma que a amamentação não seja ostracizada quando feita em publico. Acto este permitiu a defesa de uma mae que foi fotografada sem saber a amamentar na rua e publicada numa rede social com um titulo ofensivo.

Ambas Kim & Alyssa escolheram partilhar os seus corpos, ambas transmitem mensagens muito especificas (e bem diferentes) na exposição dos seus corpos e honestamente nenhuma merece criticas depreciativas. O debate acaba por mais relevo porque e entre duas figuras publicas (imagino que se fosse entre duas desconhecidas não corria tanta tinta ou tanta troca de comentarios).

O debate sobre este topico merece um pouco mais de construcao e menos julgamento moral & trocas de insultos...

(lamento a falta de acentuacao na maioria do texto, sw obsoleto).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2014 às 02:04

:) Realmente nunca me senti mal a fazer top less na praia, mas já me senti retraida a dar de mamar na praia! E piora com o crescimento do bebé! Só posso concluir que seja o leite que incomoda o povo...
Sem imagem de perfil

De anónimo a 15.11.2015 às 10:44

Faço minhas as suas palavras...amamento a minha filha quem tem 18 meses e os olhares sao cada vez mais desagradáveis..... :-(

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D