Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Orgulho na derrota

por João Miguel Tavares, em 01.10.14

A excelentíssima esposa deu-me ontem uma sova argumentativa e estou há 24 horas a saborear esse feito. Como eu ontem disse à Maria João Marques, que no Facebook me atirou com um

 

Foste arrumado, João Miguel :-) (a Teresa também escreve muito bem).

 

a verdade é que nós nunca perdemos quando somos derrotados pelas nossas mulheres. A razão é simpes: se ganhamos a discussão, ganhamos a discussão e somos muito espertos; se perdemos a discussão, podemos sempre dizer com justíssimo orgulho: "Estão a ver esta miúda super-inteligente que me deu uma coça? Consegui que ela se casasse comigo." E somos ainda mais espertos.

 

Claro que eu continuo a achar que a miúda super-inteligente não tem nenhuma razão nesta questão - só que isso deixou de interessar. Quando a capacidade de expor a sua perspectiva é tão eficaz que os leitores consideram que ela ganhou o debate, há que sair de mansinho e saborear o facto de a ter conseguido enganar em 1992. E continuar a enganá-la, 22 anos depois.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:43


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Mário Cordeiro a 01.10.2014 às 17:58

Será que vai haver dois concorrentes à Presidência da República, JMT e TMT, e os debates das primárias já começaram? Bem mais interessantes do que os outros, diga-se de passagem...
Pois é... depois andamos aí a apregoar que temos de mostrar aos nossos filhos "coerência" e "consistência"!!
Ainda bem que somos assim, de carne e osso e não de plástico. Ainda bem que fazemos (e sofremos!) o que nenhum andróide japonês de última geração faz ou sofre. Aleluia! É esta a nossa condição humana, agravada pela condição de pais! O que vale é que um sorriso ou uma piada deles (filhos) e a esponja passa pelas nossas birras. Ou, neste caso, pelas birras dos Excelentíssimos Esposa e Esposo, "maila" sua prole.
PS: quando o Tomás for um Ronaldo, não esquecer de quem lhe prescreveu vitamina D na primeira consulta!!!! Pois...

PS: têm de começar a escrever uma apostila (para não dizer PS) sobre as "cenas dos próximos capítulos", para não fazermos zapping!
Sem imagem de perfil

De Susana Sousa a 01.10.2014 às 15:54

Tão bom, mas tão bom ler estes vosso textos. Que estou de tacha arreganhada até agora :D (há uns 15 mint)
Sem imagem de perfil

De Tecas a 01.10.2014 às 12:45

Ganham os dois, ou melhor, os seis. Vocês complementam-se muito bem e esta saga, bem como a do balneário do Tomás, demonstra bem isso. Por cá também sentimos isso muitas vezes, vamo-nos equilibrando um ao outro nos nossos desequilíbrios. O que me faz respeitar ainda mais quem é mãe/pai solteiro... Barra pesada!

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D