Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Os Mendonça Tavares no Oeste #2

por Teresa Mendonça, em 08.07.14

Descobrir experiências na natureza para um casal com quatro filhos pequenos que vive no centro de Lisboa, sem gastar muito dinheiro e permitindo conhecer o nosso país, não tem sido pêra doce.

 

Começando logo pela falta de fins-de-semana disponíveis, a difícil tarefa de afastar o excelentíssimo pai de perto dos seus livros e computador e esbarrando constantemente na questão monetária, poucas têm sido as aventuras que temos conseguido fazer. Vamo-nos consolando com a inesgotável Sintra ou com Monsanto para umas escapadinhas pontuais, já que o pai da casa acha detestáveis zonas em que abundem areia, sol e mar.

 

Sempre a chatice da areia que se entranha nos livros (como se houvesse tempo para ler numa praia com quatro crianças pequenas à solta) e o creme protector que engordura as mãos. As praias deviam ser feitas de sofás confortáveis à beira-mar e devia haver um massagista por pessoa para espalhar o creme e fazer uma massagem de relaxamento, e mais um outro que tratasse das crianças para que estas estivessem quietas a maior parte do tempo.

 

Mas no último fim-de-semana conseguimos fugir aos entraves habituais e a família inteira adorou a experiência. Conseguir uma casa onde caiba toda a família confortável e economicamente (comparando com os preços a que o contexto económico actual já nos habituou), no meio da natureza e perto de sítios fantásticos para descobrir, foi uma grande surpresa para todos.

 

Como a metereologia não nos foi muito favorável no sábado, resolvemos aproveitar actividades indoor ou "perto de door". O resort da Praia d'El Rey tem um simpático Club Aventura que disponibiliza muitas actividades para miúdos e graúdos (surf, kitesurf, equitação, observação de aves, canoagem, BTT, mergulho), mas é preciso marcação com 24 horas de antecedência, pelo que não conseguimos participar nesses programas. Aproveitámos o recinto do Club para um bom jogo de matraquilhos e a Ritinha deleitou-se com os Nenucos e seus acessórios que estavam mesmo à espera dela para comer a papinha.

 

 

 

Mas, mesmo sem marcação, conseguimos aproveitar para aprender a fazer tiro com arco, experiência inesperadamente adorada por todos. É caro - 10 euros por pessoa por uma hora de actividade - mas valeu a pena. O golfe também estava disponível, mas, aí sim, os preços roçam o proibitivo: mesmo em grupo, uma hora ficava a 24 euros por cabeça. É mesmo um desporto para gente rica.

 

De qualquer forma, é sempre necessário aventurarmo-nos para descobrir novos dons dentro de nós - e o tiro com arco serviu perfeitamente para esse efeito. Por mim, acho que se tivesse menos 30 anos, teria algum futuro. 

 

 

 

Como não conseguimos trazer bicicletas connosco e a Carolina fazia questão de andar, ainda alugámos uma para ela (5 euros/hora) e fizemos um passeio até ao pequeno parque infantil do resort, qual Volta a Portugal em bicicleta: a ciclista a pedalar desalmadamente nas subidas e nós no carro a controlar a segurança da atleta.
As refeições foram muito bem aproveitadas para iniciar a Carolina e Tomás nos mistérios das equações. E...
  
...grande novidade: a Ritinha estreou-se a comer completamente sozinha. Foi num jantar maravilhoso que... 
...terminou aqui:

 

Não é todos os dias.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Margarida Galvão a 12.07.2014 às 04:56

Eu afastaria as crianças do tiro com arco... Só eu é que vi o We Need to Talk About Kevin? :) Estou a brincar.... Gosto muito do blog!
Imagem de perfil

De Carolina Maria a 09.07.2014 às 11:43

Isto sim, é um fim-de-semana extremamente bem passado =)
Sem imagem de perfil

De Ana Rute Cavaco a 08.07.2014 às 16:06

Gostei!
Imagem de perfil

De Olívia a 08.07.2014 às 15:44

Muitas vezes não é pela quantidade de dias, nem pelo tamanho da casa, muito menos pelo estado do tempo que se tem tempo de qualidade em família!
Basta a família reunida e tudo acontece!

Olívia

Imagem de perfil

De Fun Reading a 08.07.2014 às 14:02

Parece ter sido muito divertido! Gosto muito do vosso blog, continuem assim!
http://funreading.blogs.sapo.pt/
Sem imagem de perfil

De CMR a 08.07.2014 às 11:42

Adorei as dicas. Nem de propósito vamos ter um casamento perto dessa zona em Agosto e já estava a pensar que por ser época alta não ia dar para aproveitar e passar o fim-de-semana fora. A época alta deveria ser considerada época louca, principalmente em termos de preços...

Obrigada!
Sem imagem de perfil

De helena frontini a 08.07.2014 às 12:39

Uma boa sugestão para mim! Obrigada.

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D