Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Prova de vida

por João Miguel Tavares, em 09.02.15

Queria, em primeiro lugar, pedir desculpa a todos os leitores que ao longo de um mês vieram visitar este blogue para esbarrarem invariavelmente na musculatura de Gustavo Santos. É uma coisa que não se faz.

 

É que eu e a Teresa estamos em pleno processo de divórcio, e não tem sido nada fácil gerir este momento atribulado das nossas vidas...

 

Ná.

 

Estou a gozar.

 

A excelentíssima esposa continua a achar-me um tipo espectacularmente encantador e eu não a trocava pelos meses todos do Calendário Pirelli 2015.

 

O meu problema, como tratei de explicar em Dezembro, é que tenho estado a trabalhar no desenvolvimento de um novo projecto que me leva todo o tempo livre - aquele tempo livre que durante um ano e qualquer coisa me permitiu postar diariamente. Parte desse projecto já pode ser visto aqui. Trata-se da nova secção de Lifestyle do Observador. Nela há uma subsecção dedicada à família, que ainda está muito magrinha, mas que deverá ganhar corpo em breve. Espero que vão passando por lá.

 

Ao mesmo tempo, a Teresa regressou ao IPO, o que exige uma mega-dedicação e horários imprevisíveis, como imaginam. Eu fico muito feliz por ela, porque sempre achei que é esse o lugar onde pode ser mais útil aos outros, mas a gestão do seu tempo tornou-se ainda mais complicada.

 

Mais uma vez: isso não significa que estejamos a pensar abandonar o PD4, ok? Simplesmente, ele há-de ir vivendo das parvoíces que os nossos filhos vão fazendo, dos momentos que nos proporcionam e que nós achamos que vale a pena recordar, ou de uma ou outra meditação ocasional.

 

Não prometo regularidade. Mas, mesmo semi-comatoso, o coração do PD4 continua a bater.

 

heart_rate_monitor.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:13


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.02.2015 às 12:41

Acho que não houve vivalma que tivesse "caído" na armadilha do "processo de divórcio" :D
Sem imagem de perfil

De Modern Ana a 10.02.2015 às 11:54

Ehehehehe, sim, os abdominais do Gustavo enjoam só por si, não era preciso tantas semanas de exibição. Acho que até ele já devia estar farto... hm, talvez não. Deviam se calhar mudar o header para os abdominais do Gustavo :D
Quanto ao novo projecto, parabéns! Mas continuem este cantinho, que é só VOSSO. Bjs e que bom vê-los por aqui outra vez!
Sem imagem de perfil

De Zé Pinho a 10.02.2015 às 08:53

E de repente... assustei-me. As ligações afectivas não são feitas apenas olhos nos olhos. São feitas de contacto mais ou menos prolongado, qualquer que seja a forma desse contacto. E eu acompanho-vos há algum tempo.
Fico feliz pela vossa falta de tempo. Sobretudo porque tem uma componente de entrega aos outros.
Sem imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 09.02.2015 às 18:06

Sempre estão vivos! Boa!

Mantenho, no entanto, a minha sugestão de porem ocasionalmente a Carolina e o Tomás a escrever (se eles quiserem, claro)!
Sem imagem de perfil

De Cabanas a 09.02.2015 às 18:05

Sou leitor ou frequentador assíduo da subsecção família do Observador... aliás a família, e a família numerosa, foi o que me fez conhecer o mui ilustre PD4 que tanto gosto...
Sem imagem de perfil

De Entre Dias a 09.02.2015 às 12:13

Tão bom que estão de volta! E quando a ausência se deve a trabalho e novos projectos, não dá como não perdoar. :)
Sem imagem de perfil

De Helena a 09.02.2015 às 09:45

Ainda não decidi se aceito o pedido de desculpas ... :)
Sem imagem de perfil

De Teresa A. a 09.02.2015 às 09:09

Até que enfim!!!!

Desejo-vos muita sorte e sucesso nos novos projectos.

@Teresa: que pena nao teres estado no IPO quando o meu pai lá esteve da segunda vez... mas fico muito contente pelos doentes que agora vao poder aproveitar a tua capacidade profissional e humana.
Sem imagem de perfil

De TINITA a 09.02.2015 às 08:49

UFA! voltaram!!!!!! que saudades de um pouco de bom-senso (estará correcto segundo o "ao"?!).
vocês são fantásticos.

Comentar post




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D