Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Sobre bater (ou não bater) nas crianças #6

por João Miguel Tavares, em 15.10.13

Um leitor - que se identifica apenas como João - coloca as coisas em perspectiva e deixa uma assustadora - mas pertinente - pergunta no ar:

 

Violência extrema na infância:

Atirei o pau ao gato -to-to,
Mas o gato -to-to,
não morreu -eu -eu

(e vai por aí)

Agora a sério :) Se olharmos para a natureza - sim porque comentários inteligentes e cheios de palavras eruditas não vos fazem (e perdoem-me os mais sensíveis) menos animais do que um cão ou uma barata -, as estratégias evolutivas de cada espécie são tão variadas e brutais que assustariam quer os "violentos" apologistas da palmada quer os "Hippies" do paz e amor. Em todas elas o elo comum é a sobrevivência e prolongamento da espécie. E não é isso que afinal educar é? Garantir que a vossa prole tenha as melhores ferramentas (educativas, sociais, etc) para sobreviver neste mundo que nós criamos e continuamente vamos reinventando? Assim JMT e André concordo com o termo infalibilidade do Papá! Agora este termo põe os papás em xeque... estarão todos os meus amigos que lêem este blogue e têm filhos (ou pensam ter) preparados para pôr em prática este termo? Têm vocês o conhecimento sobre este mundo (e a sua evolução) para poderem dar aos vossos filhos as ferramentas necessárias para a sua boa adaptação a este "paraíso na terra" que criamos para eles? Eu sinceramente olhava para dentro preocupava-me antes com isso... depois disto as palmadas vão parecer um pouco menos significantes.



publicado às 21:19




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D