Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Eu vivo com o Cristiano Ronaldo

por João Miguel Tavares, em 31.10.13

A excelentíssima esposa, a tal que goza com a minha incapacidade de distinguir os efeitos de sapatos desajustados nos pés das crianças, mostra-se por sua vez incapaz de analisar os efeitos de letras desajustadas na porta de quartos.

 

Sempre imparável na sua tentativa de embelezar, adornar e personalizar os quartos dos miúdos, eis que decidiu colar as primeiras letras dos seus nomes nas portas dos respectivos quartos, sem me dizer nada. E claro, cereja em cima do bolo, lembrou-se de decorar as letras de madeira branca com alguns daqueles autocolantes (ou primos desses autocolantes, vá) que infestam a casa.

 

A porta do quarto dos dois rapazes ficou bonita, não ficou?

 

 

Tão lindo. T e G. Tomás e Guilherme.

 

Mas o que dizer da porta do quarto das duas raparigas? Da Carolina e da Rita. Da C e da R, não sei se estão a ver.

 

Tivesse a excelentíssima esposa optado por colocar a Rita à frente da Carolina e nada disto aconteceria. Mas não. Foi mesmo C e R que ficou colado na porta do pobre quarto, como se fosse possível em 2013 juntar, no planeta Terra, estas duas letras do alfabeto e não ver imediatamente passar à frente dos olhos um futebolista da Madeira com magníficos peitorais e péssimos penteados.

 

 

E pronto. O mal está feito. Agora parece que tenho o Cristiano Ronaldo a morar cá em casa. E não só cá em casa - ainda por cima no quarto das miúdas. Digam-me: é pior juntar um C e um R e não dar por nada ou confundir momentaneamente o sapato E com o sapato D? Adivinhem lá...

publicado às 11:54


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Viajante a 01.11.2013 às 12:43

Até veria efeitos positivos da vivência do CR7 na mesma casa... Formação futebolística para investir no futuro... Formação para um possível futuro na publicidade... Será um rapaz jeitoso para ajudar nas tarefas domésticas?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D