Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As árbitras estão compradas

por João Miguel Tavares, em 15.11.13

Eh lá, mas o que é isto? Solidariedade feminina? Tiro ao gajo?

 

No Facebook:

 

João, a Teresa ganha sempre, não tens hipótese!!!! (Susana Ribeiro)


A canção da Teresa é, sem sombra de dúvida, MUITO MELHOR! (Luísa Santos e Silva)


João, vai antes contar histórias, é melhor (e ao pequeno-almoço, de preferência!) (Ana Rute Cavaco)


No blogue:


Temos pena João, a mãe levou a melhor. A letra está fantástica. (Anónima)


1 x 0 ganha a excelentíssima esposa. (Sandra Silva)


A mãe Teresa esteve e chegou para o pai João. (Elisabete)


Obrigadinho, minhas senhoras. Lá porque a excelentíssima esposa nasceu com uma voz afinada e eu pareço o Pato Donald com deficiências na fala, também não é razão para virem para aqui humilhar um pobre homem, dizendo que isto (que não está nada mal, admito) é muito melhor do que isto (que merece um prémio pelo esforço e pelo magnífico acompanhamento à guitarra).

 

Mas vocês não esperam pela demora, minhas senhoras. Olhem que eu sou um gajo muito vingativo. E já comecei a afinar a guitarra...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:33


Um grande uau para a esposa

por João Miguel Tavares, em 15.11.13

Eh pá, esta versão parece-me incrível. Eu proponho que a partir de agora todos os nossos desentendimentos domésticos sejam resolvidos a cantar. A minha vida passa a ser um musical e a nossa casa um canal da MTV. Acho que vai ser mais ou menos assim:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34


O Gustavo #4

por Teresa Mendonça, em 15.11.13

Era expectável!... O meu excelentíssimo esposo tem que ter sempre a última palavra. 

 

Já toda a família conhece o seu jeito para escrever letras de canções e o Vasco Palmeirim só sobrevive porque ele nunca tornou públicos os seus dotes letristas. A versão que escreveu para o nosso primeiro-ministro (usando a mesma música que usou para o Gustavo) e para o ex-ministro Miguel Relvas foram um hit cá em casa e é pena que nunca as tenha mostrado aqui. 

 

Mas desta vez tinha que lhe responder, nem que fosse para respeitar a afinação do Paulo de Carvalho.

 

Aqui está ela...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:32


O Gustavo #3

por João Miguel Tavares, em 13.11.13

Depois de a excelentíssima esposa se ter sentido um pouco incompreendida por causa dos meus comentários acerca do novo corte de cabelo da Rita, eu achei que devia fazer as pazes dedicando-lhe uma canção. Pedi ao Paulo de Carvalho que me ajudasse, e o resultado foi o que se segue. Espero que gostem, e que a Teresa me perdoe pela falta de sensibilidade. Nada como uma bonita música para uma linda reconciliação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03



Os livros do pai


Onde o pai fala de assuntos sérios


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D